Primeiros Socorros Emocionais – Presença Plena

Texto criado originalmente para Sétimo Portal (@setimo.portal)

Seguimos a nossa série sobre PRIMEIROS SOCORROS EMOCIONAIS e hoje vamos falar sobre alguns exercícios simples de PRESENÇA PLENA.
Muitas vezes entramos em sofrimento emocional porque não estamos presentes, não estamos vivendo o momento. Inclusive, este é o argumento central do livro “O poder do Agora”, best seller escrito por Eckhart Tolle (recomendo a leitura).
Os tropeços e dificuldades da vida acontecem e ficamos presos naquele momento, repassando zilhões de vezes as cenas e sentimentos na nossa cabeça.

Uma forma de interromper esse ciclo doentio de dor é trazer a mente para o presente. Cada pessoa tem sua ferramenta preferida, mas seguem aqui algumas sugestões: – PARE TUDO E RESPIRE FUNDO, fechando os olhos e deixando que outras informações do lugar cheguem até você (cheiros, temperatura, correntes de ar,…); – VÁ PARA UM LUGAR COM NATUREZA e contemple atentamente todos os detalhes; – DÊ UMA CAMINHADA, sentindo plenamente seu corpo em movimento; – FAÇA ALGO DIVERTIDO (dance, cante, brinque, ria, tome sorvete…) apreciando o lugar e a companhia; – TOME UM CHÁ (café ou outra bebida que você adore), sentindo sua temperatura, sabor, cheiro e como isso é reconfortante para o seu corpo; – COMA UMA FRUTA sentindo sua textura, sabor, frescor, doçura; – ACENDA UM INCENSO e fique ali, no mais completo silêncio, reverenciando o momento.

Estas são algumas sugestões simples e práticas para se retornar ao presente, mas como sempre digo, os primeiros socorros emocionais não substituem terapia, servindo apenas para “apagar incêndios”. Para saber porque fazer terapia, sugiro que você acompanhe as postagens no meu perfil @elisarodriguesterapia.

Semana que vem tem mais um post sobre primeiros socorros emocionais.
Até!

Elisa Rodrigues

[Porque fazer terapia] Você não tem que dar conta de tudo

#porquefazerterapia

A gente vive um mito da autossuficiência. Nele, temos que dar conta de tudo. Da família, do trabalho, da saúde, da beleza, das relações, das dúvidas, das dores. Mais ainda, temos que dar conta de tudo com excelência! Tudo tem que ser perfeito e executado rapida e eficientemente.

Na prática, criamos um inferno pessoal e geral. Tentamos seguir esse mito e, ainda por cima, queremos que as outras pessoas também o sigam (afinal, você não quer sofrer tanto pra fazer e não ver ninguém mais sofrendo com isso).

Solte a corda desse cabo de guerra. Ninguém “tem que” nada.

É melhor dividir – tarefas, tempo, medos e dificuldades.

É melhor diminuir as expectativas em cima de si mesm@ – e, de quebra, em cima das outras pessoas.

É melhor pedir ajuda.

É melhor saber que você é human@.

É mais fácil – por incrível que pareça.

É mais justo – consigo e com o mundo.

Solte a corda.

🙏

Primeiros Socorros Emocionais – E.F.T. (Emotional Freedom Technique)

Photo by Sétimo Portal on August 13, 2019.

Texto criado originalmente para Sétimo Portal (@setimo.portal)

Hoje falaremos sobre EFT (Emotional Freedom Techniques) na nossa série sobre PRIMEIROS SOCORROS EMOCIONAIS.

A EFT é uma técnica que alia um comando verbal à uma sequência de toques físicos em pontos de acupuntura de forma a liberar as emoções que estão retidas em nossos corpos.

O que mais me encanta nessa técnica é a sua simplicidade e fácil execução, o que a torna perfeita para nossos primeiros socorros.
Primeiramente, identifique o sentimento que aflorou e que está causando incômodo. Não se preocupe se não tiver certeza. Escolha um sentimento e depois poderá tentar outros caso não sinta resultado.

Agora, com os dedos indicador e médio juntos dê leves batidas sequenciais no chamado “ponto do caratê” (veja na imagem). Enquanto bate, repita em voz alta três vezes: “Mesmo que eu sinta _________ (nome da emoção), eu me amo e me aceito profunda e completamente.”** Após, bata da mesma forma no ponto no alto da cabeça, repetindo APENAS A EMOÇÃO. Bata pelo tempo que achar necessário – mas concentre-se para não transformar isso em um movimento automatizado.

Depois, repita o movimento de bater com as pontas dos dedos repetindo a emoção na sequência de pontos descrita abaixo:

Photo by Sétimo Portal on August 13, 2019.
– Parte interna da sobrancelha
– Parte externa da sobrancelha
– Parte inferior dos olhos
– Parte superior dos lábios
– Parte inferior dos lábios
– Espátulas
– Parte inferior da axila

Ao terminar a sequência, observe-se e verifique como se sente. Repita a sequência quantas vezes for necessário, reiniciando a partir do ponto superior da cabeça (ou seja, pulando o ponto do caratê). Esta técnica deve trazer alívio e conforto após a sua execução, que podem manifestar-se através de suspiros, relaxamento físico e até soluços e pequenos arrotos.

Porque AMO esta técnica:

  • PRINCIPAL: Quantas vezes você já se disse que se ama e se aceita? 😉
  • Dá pra executá-la na hora que “o bicho pega”. Se tranque no banheiro e faça os toques repetindo mentalmente as frases e emoções.
  • Ela pode ser realizada por qualquer pessoa, não requerendo nenhuma formação ou conhecimento além daquele referente à sequência de pontos de toque.
  • Depois que você aprende a sequência, vira um hábito de autocuidado.

Semana que vem tem mais um post sobre primeiros socorros emocionais.
Até!

Elisa Rodrigues

P.S.1: Aqui eu expliquei como usá-la nos primeiros socorros emocionais, mas ela tem várias aplicações que comentarei em outro post.
P.S.2: Os primeiros socorros emocionais não substituem terapia, servindo apenas para “apagar incêndios”.

[Porque fazer terapia] Porque a gente não enxerga tudo

#porquefazerterapia

A gente se esforça de verdade.

Tenta analisar a questão sob vários ângulos, prestar atenção nas pessoas, estudar, refletir. Mas, de verdade, dependendo da situação é humanamente impossível ver tuuuuuudo que está acontecendo.

Muitas vezes a gente está no meio do caldo de emoções, do turbilhão de pensamentos e sensações daquele momento. Outras a gente esbarra nas nossas limitações emocionais e de aprendizado (que muitas vezes são as mesmas rssss). Resumindo, não dá pra sacar tudo. Mesmo.

Às vezes é bom falar com alguém de fora do furacão, que tem outra bagagem E que está preparado para lidar com situações de tensão emocional, dúvidas e conflitos.

Mais ainda. Falar com alguém qualificado pode fazer com que a questão deixe de ser uma encrenca para se tornar uma grande oportunidade (de aprendizado, de autoconhecimento, de mudança…).Então, falar com um(a) terapeuta pode ser a virada de chave que você precisa para uma situação complicada que está machucando e tirando o sono.

🌻

[Depoimento] Rogério

#porquefazerterapia

O Roger, amigo-cliente-parceiraço, foi minha cobaia para o sistema masculino Rei – Guerreiro – Mago – Amante, baseado no livro homônimo. Esse sistema diz que um homem têm que alinhar em si esses quatro arquétipos em sua plenitude para que possa se apropriar de sua jornada e de suas atitudes.

Homens têm um universo mítico próprio, diferente do feminino. Esses arquétipos já estão presentes no cotidiano do homem, mas em geral encontram-se desequilibrados, excessivamente ativos ou passivos.

Entender esse masculino também faz parte dessa nova hombridade que estamos esperando dos homens, mas muitos se esquecem que eles são o reflexo de uma cultura tóxica e abusiva, que também deixou marcas em muitos deles. E muitas vezes a terapia, ainda mais aquela que trabalha com os arquétipos do masculino e com o sagrado masculino, é peça fundamental nessas descobertas pessoais.

Por que fazer terapia?

#porquefazerterapia

Fazer terapia é algo que pode assustar muita gente. Algumas pessoas acham que é coisa de louco ou problemático. Isso tem muito a ver com a nossa cultura do “dar conta”, de superar qualquer adversidade, de engolir o choro e seguir em frente.

Mas está ficando cada vez mais frequente a ideia de que temos que cuidar da nossa saúde mental e emocional. A terapia tem sido vista como mais uma forma de autocuidado, ao lado de várias técnicas físicas e energéticas como a massoterapia e o Reiki.

Terapia é simplesmente para gente. Para qualquer pessoa que precise de um novo ponto de vista, que precise conversar, que tenha empacado em um projeto ou sentimento, que tenha um sonho, que tenha uma angústia, que não saiba bem para onde está tudo indo ou se o caminho é assim mesmo.

Terapia é gente cuidando de gente. Um ser que se conecta ao outro através de sua humanidade

.Porque a gente precisa de outras pessoas na nossa jornada.Nesta semana vou fazer uma sequência de postagens explicando porque devemps fazer terapia.

E lembre-se que junt@s somos mais!

❤
🙏
❤

Reflexões sobre Presença

Semana passada encerramos um ciclo do nosso Círculo de Mulheres.

Durante praticamente três anos nos encontramos mensalmente para falarmos sobre o Feminino e todas as suas nuances, inclusive no Sagrado. Agora nossos encontros serão trimestrais, seguindo as estações.

O Círculo me mostrou uma potência que até então eu não havia percebido nos grupos. Quando se reúnem pessoas com um mesmo objetivo e se ouvindo de forma ativa e empática, milagres acontecem. Manifestam-se ali curas, forças, risos e lágrimas que transformam as pessoas presentes, em uma grande alquimia interior.

O humano cura o humano. Ouvir e olhar atentamente o outro com o coração apresenta novas visões e entendimentos principalmente sobre si mesm@.As redes sociais são ótimas, mas as pessoas precisam umas das outras para aprender e evoluir. A função destas plataformas digitais é ser ponte e complemento para a beleza do encontro humano.

Presença é, mais do que tudo, ouvir aqueles e aquelas que nos cercam, pertencer ao lugar onde estamos, criar conexões profundas com as possibilidades que cruzam o nosso caminho.

É estar inteir@ no momento.

Que a gente seja cada vez mais presente!

❤
🙏
❤

Elisa Rodrigues- agosto/19 –

Depoimentos

Quem me conhece sabe que toda vez que vou explicar o que eu faço em terapia, tenho dificuldade.

Cada pessoa é um Universo, cada sessão é única, cada Caminho é próprio.

Em todos estes anos lidando com pessoas, primeiro voluntaria e depois profissionalmente, acho que nunca tive um atendimento igual ao outro. Sempre sou surpreendida, sempre tenho a sensação que preciso estudar mais, conhecer melhor a imensidão do ser humano. Mas sempre tive a sorte (imensa) de ter pessoas maravilhosas comigo. Sempre fui abençoada com aprendizados profundos, vindos de entregas ainda maiores.

Cada pessoa que passou comigo deixou muito de si em mim, pois colocou seu coração e alma em minhas mãos. Sinceramente, não tenho como agradecer. Estes últimos quatro anos trabalhando com desenvolvimento pessoal, espiritualidade e inteligência emocional me tornaram uma pessoa imensamente melhor. E me sinto impulsionada a dizer tudo isso porque ao pedir aos meus clientes que fizessem depoimentos para me ajudar nesse desafio que é me explicar, fui presenteada com falas generosas que me deixaram muito emocionada.

Então, compartilho aqui com vocês a grandeza de pessoas maravilhosas, que muitas vezes só precisaram de alguém para lembrar-lhes isso e mostrar os enormes tesouros que guardavam.

Gratidão a tod@s clientes e participantes de grupos e eventos que facilitei porque meu caminho só existem porque vocês permitem que ele se manifeste!

🌻
🙏
🌟